Mês: junho 2015

Receita de Pão Árabe da Bisa

Esta semana deu aquela esfriada típica de junho aqui em São Paulo, e nossas casas costumam ficar muito geladas. Para dar um jeito nisso, nada melhor que por a cozinha para funcionar o dia todo, e uma das melhores formas é acionando o forno e fazendo pães.

O pão árabe (algumas pessoas aqui no Brasil chamam de pão sírio e também é chamado em alguns lugares, como na Grécia, de pão pita) é uma receita fácil, deliciosa e super versátil.

Eu aprendi essa receita e forma de preparo com a avó de meu marido, bisavó de minha filha. Eles são libaneses. A bisa nunca comprava pão, fazia semanalmente em casa numa recita que é o dobro desta que passarei (esta rende em média 1 dúzia de pães), e muitas vezes duas vezes por semana dependendo da demanda. Claro que como uma boa matriarca, ela nunca revelava os totais segredos, mas eu ficava com minhas antenas sempre ligadas para descobrir os “pulos do gato”. Alguns descobri observando, outros foi no erro e acerto mesmo, o importante é não desistir, se não der certo na primeira, tente de novo, e com a prática você vai pegando o jeito. Observe sempre o comportamento da sua massa, e quando descobrir detalhes que fazem a diferença, anote para não esquecer numa próxima vez, acredite, dá certo e vale muito a pena pois é muito mais saboroso que os comprados prontos.

Então vamos lá:

Ingredientes:
+ ou – 1kg de farinha de trigo tipo 1 de qualidade
100ml de leite
100ml de água
1 colher cheia de sopa de açúcar
1 colher de azeite ou manteiga derretida
2 tabletes (30gr) de fermento biológico
sal a gosto

Modo de preparo:
Antes de qualquer coisa, coloque a grade do seu forno no primeiro nível e acenda-o para ir ficando bem quente e esquentando a cozinha. feche portas e/ou janelas que façam correntes de ar, massa não gosta disso.
Esfarele o fermento e reserve. Numa vasilha de preferência de vidro aqueça o leite, a água e o açúcar já misturados (geralmente uns 50 segundos). Deve ficar morno, mas não quente.
Dissolva o fermento com os dedos totalmente nessa mistura e reserve até dar uma crescida, formar umas bolhas.
Enquanto a mistura anterior está reservada misture numa vasilha 1/3 da farinha, eu já costumo salgar nesse momento, e jogue o azeite ou manteiga.
Acrescente a mistura do fermento e comece a misturar com uma colher de pau, vá adicionando farinha até ter que colocar as mãos. Então retire da vasilha e numa superfície polvilhada com farinha faça a sova da massa, adicionando farinha até dar o ponto de desgrudar das mãos mas sem ficar seca. Sove bem, por no mínimo 5 min, volte a massa para a vasilha enfarinhada e deixe descansar por aproximadamente 20 a 30min (até crescer).
Volte a massa para a mesa, tire o ar dando uma leve amassada e faça um formato de linguiça. Divida em aproximadamente 10 a 12 porções, faça bolinhas e as abra com as mão e a ajuda de um rolo formando os discos de pão.
Coloque-os em assadeiras levemente polvilhadas e deixe descansar por uns 15 min.
Asse até dourar. Se estiver bem feitinho, eles vão formar balões.

Retire do forno e coloque-os sobre um pano para esfriar. Já estão prontos para serem consumidos.
Depois de bem frios você pode guardar bem fechadinho em sacos de freezer que dura uma semana aproximadamente e dá para fazer uso de várias formas, basta criar!!

Prove com coalhada seca, sal e azeite, é delicioso!! veja a receita aqui

OBS: O pão folha também pode ser obtido desta receita, é só abrir bem fininha algumas das bolinhas de massa e assá-las em uma chapa bem quente na boca do fogão, fica fantástico!

Receita de Esfiha, clique aqui

Sahten!!!!
por Cristina Antoniadis
em homenagem à Wadia Bayeh, que faleceu em fevereiro de 2015